Operação do Gaeco resulta na apreensão de mais de 10 mil pés de maconha


O Ministério Público do Tocantins (MPTO), por meio do Grupo Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), realizou nesta segunda-feira, 18, uma operação que apreendeu mais de 10 mil pés de maconha no município de Miranorte e resultou na prisão de três homens. A ação contou com o apoio da Delegacia Estadual de Repressão a Narcóticos, do Centro Integrado de Operações Aéreas e da 6ª Companhia Independente de Polícia Militar.

Os pés eram cultivados em uma área de 2 mil metros, localizada na zona rural de Miranorte. No local, foram encontrados também insumos para o cultivo, drogas prontas para comercialização, sementes, balança de precisão, entre outros. Os pés foram arrancados e incinerados.

As investigações tiveram início há cerca de 20 dias, por meio do serviço de inteligência do Ministério Público. Além do dono da plantação, foram presos dois homens que supostamente traficavam a droga. (Denise Soares).

Fonte: Assossoria de Comunicação do MPE-TO.

Comentários